11 de set de 2011

30- PARINDO UM FILHO NASCIDO.

Estive Sábado em Uberlândia em um Seminário para Pais promovido pelo SESI/FIEMG. Isabel Parolin e eu falamos a pais de 4 cidades de Minas Gerais. Foi muito gratificante e encantador perceber neles a vontade de acertar, de fazer o seu melhor, de querer perceber onde têm errado e como podem acertar. Dizemos em “off”, que os pais que participam são os que mais acertam. E os que mais precisam, nem se dão conta da existência do evento. Afinal, quem trocaria o lazer de um dia ensolarado por um auditório de um evento educacional? E ainda viajar por isso! Claro, pais interessados. O meu tema foi “COMO FACILITAR A EDUCAÇÃO ENTRE PAIS E FILHOS”, o que já pressupõe que ambos precisam ser educados. Afinal, não nascemos pais. Mas, a partir das representações da relação pai-filho que temos, das nossas experiências e alheias, vamos nos fazendo pais enquanto vamos sendo. Então, refletir como fomos educados e como somos convidados a educar, além de buscar conhecer melhor como “funciona” o filho em seus vários aspectos, acaba por facilitar a educação deles.  E, foi disso o que falamos e procuramos aprofundar. As perguntas foram muito boas e pertinentes, mas uma tocou-me profundamente. Metaforicamente uma mãe confidenciou: “É possível parir de novo um filho de 12 anos?” Claro que sim. Importante é tomar consciência do caminho que tem trilhado e ter coragem para recomeçar e acertar, como bem demonstrou a mãe. Que sábado bom! Obrigada Mineiros!

6 comentários:

  1. Anônimo9/13/2011

    Wânia Viegas
    saudades, Liiiiii....tô adorando teus artigos do FILHOsofar...é uma forma de estarmos próximas!! Beijocas outras!!

    ResponderExcluir
  2. Que legal, Wania. Não sabia que estava lendo. Fico feliz. Educar filhos não é nada fácil, não é? Mas eu acho uma delícia. rsrsrsr
    beijoca grande.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo9/13/2011

    Caca Ayres seguindo o blog! em breve lançarei comentários!

    ResponderExcluir
  4. Que legal que está seguindo! Irei adorar saber dos comentários.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo9/13/2011

    Marília Fernanda Farias Valcarenghi
    Teu blog é muito, muito bom, Lígia! Parece que tô te escutando falar nas aulas ;)
    Beijoo

    ResponderExcluir
  6. Oi Marília, que bom que vc está gostando do blog. Tenho achado uma delícia fazê-lo. Um beijo grande e saudades.

    ResponderExcluir