19 de set de 2014

118: QUANDO OS FILHOS NOS ENSINAM

Primeiro Passo Dado.

Se ficarmos atentos, as crianças nos ensinam muito mais do que qualquer adulto. Pois a criança não tem ainda tantos condicionamentos culturais, e não desaprendeu a olhar a magia da vida em sua simplicidade e complexidade. Mas, os maiores também nos ensinam.
Hoje liguei para a minha filha mais nova, de 17 anos, que estava ocupada com o jantar. Creio te-la educado muito bem, mas em termos de culinária deixei a desejar. Sou do tipo que faz ovo, brigadeiro e pipoca com certa dificuldade.
Surpresa, perguntei-lhe: “Mas o que está fazendo?” De pronto respondeu-me: “Proteína de soja com molho de tomate.” Pedi que me ensinasse e ela começou: “Coloque a proteína de molho em um recipiente com água por cerca de dez minutos. Ela inchará e flutuará. Então, seque-a. Voce pode fazer isso numa peneira que ajuda. Reserve. Em uma panela, coloque alho amassado, cebola picada e ervas aromáticas e regue com azeite. Acenda o fogo e vá mexendo até dourar. Depois, despeje a soja na panela e mexa até cozinhar. Ao final acrescente molho de tomate. Fica uma delícia!”  Pela receita detalhada, notei o quanto ela conhecia de mim. Encantada perguntei: “E come com o que?” Deu-me uma lista complexa.
Então notei como os filhos se viram e dão um jeito de aprender, quando os deixamos de ensinar. Que maravilha é ter filhos! Que maravilha é aprender com eles! Que inspiração! Lá vou eu comprar a proteína de soja! #Partiu supermercado!

22 comentários:

  1. Anônimo9/19/2014

    Que delícia de postagem! Agora quero ver os outros passos. kkkkk
    beijão
    Flávia Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia,
      Eu também quero ver. rsrsr Mas, vamos lá colocar o conhecimento em prática! :)
      beijão

      Excluir
  2. Anônimo9/19/2014

    Esse texto me lembrou as suas aulas. Que saudades!!!!! No meio das brincadeiras escondiam-se as coisas sérias. Parabéns Profe por continuar ensinando com humor e alegria.
    um beijo enorme,
    Simone da Fafire

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone,
      Era bem assim mesmo. Também via a aula assim... ensinamentos com bom humor. Mas sabe por que? Porque a emoção é a cola da memória. Sem ela, como se dá a aprendizagem?
      beijãooo

      Excluir
  3. Que delícia de postagem! Agrademos muito a base que nos deram. Sem ela, nada disso seria possível. Que orgulho dessa família! Te amo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela Pacheco, a base é o alicerce de uma construção. Creio que as proporcionamos boa base em sólido firme e fértil. Ao menos, é o que vejo nas flores colhidas e nos frutos que já recebemos de vocês. Que Meninas especiais! Amo você! Amo vocês!

      Excluir
  4. Anônimo9/20/2014

    Lindo texto, como sempre!
    Bj de cá,
    Diana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana,
      Ainda que do outro lado do mundo, sempre bom, muito bom, te ver por aqui. um beijo

      Excluir
  5. Anônimo9/22/2014

    Fico feliz em ver vc mestra.
    Vera Lígia Magalhães

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doce Vera Lígia! Feliz também em vê-la por aqui!
      um beijo enorme

      Excluir
  6. Anônimo9/22/2014

    Camila Pacheco: Hahahaha adorei o post! Reconheci sim! Muito bom aprender com você e poder te ensinar também! A gente se completa! Te amo muito
    19 de setembro às 18:50 ·

    ResponderExcluir
  7. Anônimo9/22/2014

    Camila Pacheco: Você me surpreende a cada dia! Tenho muito orgulho de você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, deixa eu fazer a carne de soja com grao de bico e cenoura como a Gabi sugeriu. Rsrs Ate eu vou me surpreender! Rsrs Aguarde!
      Te amo muito.

      Excluir
  8. Anônimo9/22/2014

    Cris Santos: minha inesquecível professora!!!!Bjsss
    tenho muito orgulho de ter sido sua aluna!!!!Lembro-me daquela aula sobre andar de bicicleta!!!Foi mil!!!!
    19 de setembro às 19:40

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha inesquecível aluna!!! Que delícia saber que você lembra de uma aula específica e que achou mil. Continuemos a pedalar. rsrsr
      beijos, beijos

      Excluir
  9. Anônimo9/22/2014

    Ahhh quanta alegria nessa caminhada em família! E o quanto nós mães ainda temos que aprender com nossos filhos! !!! Bjs querida, Saudades de te ler...
    Mila Pires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mila Pires, Cassia Eller cantava... "eu vejo que aprendi o quanto te ensinei". Acho que é por ai. Beijaooo e saudades também de te ler.

      Excluir
  10. Anônimo9/22/2014

    Renata Gazzinelli: Vou compartilhar todas as suas excelentes contribuições no site do colégio, ok Ligia Pacheco?
    19 de setembro às 19:56

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata Gazzinelli, pode compartilhar com certeza. Esta é a ideia. Conhecimento guardado é como dinheiro embaixo do colchāo. Beijao e saudade

      Excluir
  11. Anônimo9/22/2014

    Você deu o mais importante: a base! As outras aprendizagens o tempo se encarrega de ensinar... Beijos
    Edna Marchini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna Marchini, Com certeza. A base é tudo! No próximo post vou tratar de certa forma disso: Sorte de ter flhos proativos, responsáveis, autônomos etc? Sorte ou...
      Bj grandeeee

      Excluir
  12. Anônimo9/27/2014

    Que maravilha aprender com os filhos, com os menores, com os maiores, com os leigos, com a vida. E parabéns por educar com tanta excelência e realidade. Um abraço de urso. PatVal

    ResponderExcluir