21 de fev de 2014

94. A ESCOLA IDEAL: QUAL O MEU PAPEL NESTA SEARA?


Este mes, fiz uma palestra para pais, diretores, coordenadores e professores de uma escola de Educação Infantil. Discutimos a escola ideal para o desenvolvimento da criança e o papel de cada um nesta conquista. Uma escola ideal requer pais, alunos, equipe pedagógica e sociedade ideais. Mas o que temos? Pais, alunos, equipe pedagógica e sociedade reais. Como aproximá-los?
Algumas dicas: Perceber que a escola ideal depende de uma época. O ideal de ontem, não é o de hoje. Lembrar que a escola é feita de gente, logo não está isenta de falhas. A escola deve se aproximar de seus ideias de homem e de mundo. Feita a escolha, trava-se uma parceria: escola-família. Sem ela, os pais deixam um pacote na escola, e não um filho. E por fim, cada um tem o seu papel pelo “ser ideal” da escola: pais, escola e alunos. Quais são?
Para mim, à escola dos pequenos, cabe adequação, segurança inovação em recursos materiais. Aprimoramento, fundamentação e encantamento de todos os envolvidos. Ensinar a 'aprender a aprender', diversificar aprendizagens ao desenvolvimento integral, acolher e orientar pais e crianças sem distinção. À criança, cabe perceber e construir o mundo e a si. Abrir-se às aprendizagens e ao desenvolvimento integral. E, aos pais, cabe conhecimento da proposta pedagógica da escola e de sua organização. Adequar-se às regras comuns e colaborar para que o ambiente escolar seja preservado. Ensinar e educar o filho para uma atuação autônoma e responsável consigo mesmo, com os outros e com o mundo. Esta junção pode resultar na escola dos meus sonhos.

8 comentários:

  1. E por aí mesmo, Ligia, escola, alunos e pais, cada um fazendo a sua parte para que realmente as crianças de hoje possam tornar de fato homens de amanhã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo querido,
      Para isso, precisamos entender a realidade de forma complexa. Complexus = o que tece junto.
      Tudo está ligado, até o passado, presente e futuro. :))
      Obrigada por colaborar.

      Excluir
  2. Adorei.... Uma escola em que pais e mestres constroem juntos , uma escola sem muros....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Teresa Cristina, sem muros, mas com limites (que não significam barreiras) bem claros.
      Grande abraço

      Excluir
  3. Anônimo2/22/2014

    Verdade, família esscola na construção de pessoas melhores...abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalho de parceria com papéis bem definidos. Fundamental!

      Excluir
  4. Excelente!
    E pensar que a maioria dos pais acham que basta matricular o filho em uma boa escola e pronto: o filho será bem educado! Basta conferir se ele está fazendo a tarefa de casa, se não tem nenhuma anotação na agenda, e pronto, a parte deles foi feita! Mas esquecem que a educação é feita tanto na escola quanto em casa, e que cada aluno da escola é resultado de uma educação iniciada em casa e, portanto, a diversidade existe e deve ser considerada. Concordamos: a escola dos sonhos não existe isoladamente, é e deve ser resultado de família-escola-sociedade.
    Parabéns pela reflexão!
    beijos das filhas: Camila e Gabi

    ResponderExcluir
  5. Ui, educar não é para principiantes! O problema é que somos! Por isso, é bom construir conhecimentos para ampliar a percepção, o que beneficiará a ação. Aliás, isso vale para tudo, não? beijos minhas Lindas! Saudades, saudades.

    ResponderExcluir