4 de set de 2013

76- EDUCAÇÃO PELO MUNDO.CHINA: VI- E EU QUE ACHAVA DIFÍCIL ALFABETIZAR!


Nosso alfabeto é fonético. Cada letra identifica um som, e não dá nenhuma informação do seu significado. Já a escrita chinesa é baseada em ideogramas, “desenhos” que representam ideias, sentimentos, objetos, etc. Ou seja, cada ideograma tem um significado, mas não um som. E a junção de ideogramas traz novas ideias. Por exemplo: crise é formada pelos ideogramas perigo e oportunidade. Tranquilidade pela junção de ouro e verdade. A dupla repetição do ideograma mulher transforma-se em fofoca. E três deles, confusão. Hum, difícil admitir esta ideia, mas acho que eles têm razão. A escrita é extremamente complexa e quantos caracteres existem é difícil precisar. Mas, o grande dicionário chines de 1990 consta de 8 volumes totalizando 56 mil caracteres. Mas que alivio! Com 3 mil consegue-se ler o básico de um jornal. Eu que achava complicado alfabetizar alguém usando a combinação de 26 letras! A cada ano escolar, a criança é desafiada a aprender 500 novos ideogramas. Mas, tanto trabalho e dedicação serviriam ao mundo atual, digitalizado e globalizado? Difícil convencer um chinês, afinal aprecia em demasia a sua cultura e tradições. Todavia, o mundo online começa a fazê-los perceber que os ideogramas têm sido uma muralha entre a China e o mundo. E, aos poucos aparece a coexistência da escrita alfabética e ideográfica. Irão os ideogramas resistir? O tempo dirá. Mas, no próximo post veremos os benefícios (e dicas) que a escrita ideográfica traz ao desenvovlimento cerebral. Não perca.

11 comentários:

  1. Muito boa essa abordagem. Estou curioso e com grande expectativa aguardando seu próximo post.
    Acho que o ideograma já apresenta, além de uma ideia, um conteúdo filosófico. É o caso de seus exemplos, bem colocados. Para os ocidentais, a palavra é um som ou um conceito abstrato. O ideograma é a representação de uma ideia completa. Enfim, cada um tem suas vantagens e desvantagens. Mostrar isso é sua missão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DagoPai, é encantadora a escrita ideográfica. E concordo com você, muito filosófica. Vários ideogramas me levam a reflexões incríveis. Parecem aquelas definições de crianças que de tão simples e certas penetram a alma. Um beijo querido de sua fã número 1.

      Excluir
  2. Ligia, tb ansiosa pra ver o próximo post. Acho que as tradições continuarão sim, porém se adaptando ao mundo digital. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pat Val querida, não vai ser nada fácil dizer tudo o que há para dizer com o número de caracteres que me proponho aqui, mas você me conhece bem e sabe que gosto de desafios. rsrsr Vamos lá. Em breve, o novo post. Em relação as tradições, creio que você tem razão. Elas ainda demorarão muito tempo para serem substituídas. Mas já começam a se adaptar ao mundo digital como vimos. bj grande e obrigada por sua colaboração.

      Excluir
  3. Anônimo9/10/2013

    estive na China esse mes e realmente me encantei com a disciplina deles porem achei muito rigido tu que moras no Brasil fica ate envergonhado com a organizacao mas aqui seria necessario

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Também achei rígido demais. Nada que com um belo bom senso não pudéssemos aproveitar de suas disciplinas e organizações. Precisamos urgente rever estes nossos conceitos. Grata pela participação.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Ligia, alfabetizar, educar, ensinar, mostrar, compartilhar, orientar, entender, compreender, são tarefas difíceis e você faz isso muito bem. Esse é o trabalho encantador de uma professora/educadora apaixonada pelo que faz. São ótimas as suas publicações e é através delas que você auxilia aos seus seguidores a encontrar caminhos para desenvolver tais tarefas.Parabéns. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos Paiva,
      Que gratificante tê-lo como seguidor. Adoro os seus comentários e o modo como percebe as postagens. Grata pela participação e carinho.
      abraços

      Excluir
  6. Anônimo10/02/2013

    Que maravilha sua palestra, obrigada professora. Estou muito feliz em ter participado. Karina

    ResponderExcluir
  7. Obrigada Karina, pelo feedback. Fico feliz que tenha aproveitado. Que bom que consegui maravilhar os seus neurônios, as suas conexões, o seu sistema límbico, o seu córtex, os seus hemisférios... você. beijos beijos

    ResponderExcluir