8 de nov de 2011

42- MÃES DEBATEM A PADRONIZAÇÃO DA ESCOLA

Na página do facebook, uma mãe postou a pergunta curiosa do filho de 4 anos: “Quando o sonho acaba a gente desaparece?” E, questionou para a sua rede social: “Como será que os testes de avaliação padronizados avaliam essas falas tão ricas das crianças?” Uma mãe garante: “Esses testes tiram a possibilidade mínima de inclusão da criança. A padronização só ajudou minha filha a regredir, e muito.“ Outra mãe desabafa: “Meu filho não quer mais ir à escola. Reclama da rotina e está desmotivado.” Acredito que as contribuições prosseguiram. Mas, a fala destas mães já merece especial atenção. Falemos da padronização. Já percebemos que é na diversidade que encontramos as maiores riquezas, mas muitas escolas ainda insistem em formar, isto é, colocar na forma, os seus alunos. E ai de quem não se encaixar ou se moldar na forma pré-determinada! Fica rotulado, marcado, sem auto-estima, sem forma. E regride. Claro, que criança aguenta sentir-se excluída e não pertencente a um grupo? E, quando a criança nem quer mais pertencer a este grupo como tem acontecido ao menino desmotivado? Mas, o que a escola tem disponibilizado a ele? Um ambiente homogêneo, repetitivo e mecânico? Atenção escolas! O cérebro do aluno gosta de novidade, assim como os nossos. Surpreender o aluno e incluí-lo em seu processo de aprendizagem ajuda-o a ter e a manter um motivo-na-ação e a desejar ir à escola. Três crianças diferentes dão, de certa forma, o seu recado. Atentemo-nos a elas.

4 comentários:

  1. Anônimo11/09/2011

    Carlos Eduardo
    Muito legal este post. Enxerguei minha vida escolar...infelizmente.
    Beijos, te amo.

    ResponderExcluir
  2. Também enxergo a minha vida escolar, que muito me ensinou a como NÃO fazer educação.
    Sentimos na pele a padronização e o quanto isto nos custou e marcou as nossas vidas.
    Ainda bem que pudemos perceber a tempo e não reproduzir o modelo. Te amo.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11/09/2011

    Jocílio Frota e Sigrid Spolzino curtiram isso.

    ResponderExcluir
  4. Jocílio Frota e Sigrid, eu curti que curtiram. Obrigada.

    ResponderExcluir