25 de fev de 2013

63- NOVIDADE NO AR


Comecei este mes um novo projeto. Consta de pequenos videos para pais e professores.
Como sei que a vida de todos nós é bem corrida e há muita informação no ar, optei por videos curtos, mas com conteúdo. São cerca de tres minutos e abordam temas relacionados à educação das crianças.
O programa chama-se “LÍGIA PACHECO EM 3 MINUTOS”. A abertura foi feita por Gabi Pacheco, minha filha mais velha, que está cursando a Faculdade de Propaganda e Marketing e que me ensinou o be-a-bá para que este projeto pudesse ir ao ar. Que delicia é poder aprender com os filhos!
Na página do blog à esquerda você encontra dois acessos: Um para minha última coluna da Pais & Filhos e outro para a minha conta no UTube. Mas estarei sempre postando aqui as novidades.
Para facilitar, você pode inscrever-se como seguidor, bem como para receber as novas postagens por e-mail.

Já estão no ar dois episódios:
1- COMO FACILITAR A ADAPTAÇÃO DA CRIANÇA NA ESCOLA.

2- COMO RESPONDER AS PERGUNTAS DAS CRIANÇAS.

Espero que gostem, que seja útil e aguardo sugestões de temas.
Grande abraço

15 de fev de 2013

62- COMO FACILITAR A ADAPTAÇÃO DA CRIANÇA NA ESCOLA.


Seja a primeira vez que a criança vai a escola, ou ao voltar das férias, há sempre o momento de adaptação. Para algumas crianças isto é fácil, mas para outras nem tanto. Conheço a escola como professora e como mãe, e logo percebi que o que mais dificulta a adaptação da criança ou são experiências ruins que ela teve ou somos nós, os pais. Nossa ansiedade e medos contaminam a criança, deixando-a também ansiosa e insegura. Assim, é bom sabermos que a primeira adaptação é nossa.
Vamos a algumas dicas que ajudam:
1- Mantenha a calma e não se sinta culpado. A escola é um ótimo lugar para a criança aprender e se desenvolver integralmente.
2- Conheça bem  a proposta pedagógica e filosófica da escola e confie na sua escolha.
3-Fale da escola com animação e nunca a associe a algo ruim ou como ameaça, nem fale mal da escola na frente da criança.
4- Se você sentir muita necessidade, fique uns dias na escola de acordo com as regras da mesma. Mas não fique em cima da criança. Isso dificultará ainda mais.
5- Se a criança chorar é normal. Logo ela irá se divertir. E se você chorar evite fazer isto na frente dela. Mas se a criança estiver muito resistente, não menospreze o problema. Converse com ela e com a professora buscando entender o que tem acontecido.
6- Não leve a criança no colo. É muito difícil deixar o colo dos pais. E se ela for bem pequena, leve alguma coisa que lhe seja familiar e que lhe traga segurança como paninho, fraldinha, bichinho.
7-Ao se despedir, não saia de fininho e nem minta. Abrace-a forte e seja natural. E, cuidado com as manipulações infantis.
Por fim, 8- Pais felizes, calmos, seguros e confiantes tendem a ter filhos felizes, calmos, seguros e confiantes.
Vamos lá, respire fundo e boa volta às aulas!

3 de fev de 2013

61- MINHA ENTREVISTA NA BAND NEWS: COMO AGIR COM OS FILHOS NA VOLTA ÀS AULAS?



Fui entrevistada no dia 28.01.2013 na BAND NEWS por Renato Cordeiro e Patrícia Tosta e a grande questão era como conciliar a volta às aulas em meio a tantos estímulos de festas pré-carnavalescas. Como os pais deveriam agir?
Não é fácil ao jovem trocar as festas por Capitanias Hereditárias, tabela periódica, logaritmo ou qualquer outro conteúdo escolar. Por isso, é importante que a escola seja um lugar de encantamento onde se queira estar, cuidar, voltar e viver sem ter a vergonha de ser feliz, podendo ser um eterno aprendiz. Onde o conhecimento propicie a compreensão e a transformação do mundo e de cada ser. Assim, comece por uma boa escolha.
E depois? Não há receita mágica, instantânea  ou imediatista. A educação é um processo que se inicia no berço. Por isso, atente-se o quanto antes. Importante ressaltar que a educação não se dá por decreto. Obrigar, proibir, castigar, premiar podem ser medidas aparentemente satisfatórias, mas não se iluda: as transformações devem vir de dentro para fora. Assim, ensine o seu filho a ser autor e responsável pela própria vida, inclusive pela vida escolar. Dê uma boa base para que ele se estruture, oportunidades para ele cresça e se desenvolva, e liberdade de ação, pois só aprendemos a fazer fazendo. E acesse o link da entrevista onde encontrará outras dicas de como agir não só na volta as aulas, mas por uma educação que faça a diferença na vida do seu filho e na sua. Vamos lá?