11 de dez de 2012

59- O PRIMEIRO PREFÁCIO A GENTE NÃO ESQUECE.


Sou uma pessoa intensa. Não gosto de viver pela metade, não tenho medo de dar a cara a tapa, nem me acovardar frente aos desafios. Posso me dar mal,  me machucar, mas ao menos sei que tentei. Não sou também de ficar rodeando ou alisando os problemas. Gosto de ir à fonte e resolvê-los. Por vezes gostaria de ser mais sábia e silenciar. Mas, meu sangue circula de tal forma que posso até sentí-lo. Com a idade, quem sabe aprendo.
Mas foi graças a esta inquietude que fui convidada a fazer o prefácio de um livro editado em Portugal, o que me deixou bastante lisonjeada. O livro tem dois prefácios: um deles é do jornalista português  João Miguel Tavares, e o outro é meu.
O livro é resultado de um concurso de blogueiros unindo Portugal e Brasil. Nele você encontrará pais e mães compartilhando de modo diverso e, por isso, extremamente rico, experiências, conhecimentos, sentimentos, inquietações, percepções, reflexões e  ações, que brotam desta deliciosa e instigante relação entre pais e filhos. E, que nos ajudam a refletir, identificar, ressignificar ou mesmo ampliar o que estamos sendo, percebendo ou concebendo como pais ou mães. Desejo que esta coletânea promova-lhe muitas (Ins)pirações familiares.
Toda a renda do livro será destinada a UNICEF. Adquira já  seu.